Experience On / Always On na mídia

Customer Centric: Amazon, Starbucks e a Zappos são obcecadas por você

por Elcio Santos - 02/08/2021

Imagino que aconteça o mesmo com você, mas o fato é que toda vez que visito o site da Amazon encontro logo de cara uma série de recomendações de livros e outros produtos – geralmente coisas que estou procurando ou que descubro ser úteis.

Mas o fato de serem sempre relevantes para mim tem menos a ver com o emprego de Database Marketing ou um algoritmo desenvolvido por inteligência artificial  do que com uma coisa que é bem mais caracteristicamente humana: a empresa gosta de ver seus clientes felizes.

Sim, a cultura da Amazon é “customer-centric“, ou seja, órbita em torno de uma obsessão: a satisfação de seus clientes.

Como a Amazon, encontramos algumas outras empresas com a mesma obsessão — é o caso da Starbucks e da Zappos.

Afinal, o que caracteriza essa tal de cultura “customer-centric”?

Antes de tudo, vamos deixar claro: “customer-centric” é bem mais do que uma estratégia.

É uma cultura real, que precisa perpassar toda a empresa, levando do presidente ao mais humilde funcionário a acreditar que a única maneira de fazer negócio é concentrar-se em garantir que os clientes recebam sempre excelentes experiências — customer experience.

Eles devem não apenas precisarem voltar a fazer negócios com a empresa, mas terem prazer em fazer isso.

Empresas centradas no cliente colocam o cliente no centro da sua filosofia e das suas operações.

Elas acreditam que o cliente é a principal razão de sua existência e usam todos os meios à sua disposição para manter o cliente satisfeito.

Os modelos de negócio baseados em uma cultura “customer-centric” ganharam força nos últimos vinte anos, mas não tem sido tão fácil passar da teoria à prática.

CMO Council relata que “apenas 14% dos profissionais de marketing dizem que a centralização no cliente é uma marca registrada de suas empresas e apenas 11% acreditam que seus clientes concordariam com essa caracterização”.

Leia o artigo completo do blog da Always On — e descubra o que Elcio fala sobre benefícios de uma cultura “customer-centric” e como implantá-la

fonte

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor