Experience On / Mundo dos Dados

Tiktok estaria dando à China acesso a dados sensíveis sobre usuários dos EUA?

por Elcio Santos - 28/07/2022

Na sexta-feira, 8/7, o aplicativo de vídeos curtos TikTok anunciou que está trabalhando em um acordo com o governo Biden que "salvaguardaria totalmente" o aplicativo nos EUA e diminuiria os temores sobre o acesso do governo chinês aos dados dos americanos.

Na sexta-feira, 8/7, o aplicativo de vídeos curtos TikTok anunciou que está trabalhando em um acordo com o governo Biden que “salvaguardaria totalmente” o aplicativo nos EUA e diminuiria os temores sobre o acesso do governo chinês aos dados dos americanos.

Como parte desse acordo, o TikTok diz que todo o tráfego de usuários dos EUA agora está sendo roteado para servidores controlados pela Oracle, com sede na Califórnia, em vez da própria infraestrutura do TikTok.

Em breve, disse ele, o TikTok espera excluir todos os dados dos EUA dos servidores da empresa e confiar completamente no armazenamento da Oracle “com acesso limitado apenas a pessoal autorizado, de acordo com protocolos que estão sendo desenvolvidos com o governo dos EUA”.

Ainda segundo ele, atualmente, os dados que funcionários estrangeiros podem visualizar são um “conjunto restrito de dados não confidenciais de usuários do TikTok”, incluindo vídeos públicos e comentários deixados em vídeos.

E que nenhum desses dados é compartilhado com funcionários do governo chinês e os funcionários da ByteDance só podem ver os dados do TikTok dos americanos após um processo de aprovação supervisionado pela equipe de segurança dos EUA.

O temor surgiu após um relatório do BuzzFeed, com o comissário federal de comunicações Brendan Carr chegando a instar o Google e a Apple a remover o TikTok de suas lojas de aplicativos por representar uma séria ameaça à segurança nacional.

Fonte: NPR

 

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor