Experience On / Agile

Como criar um ambiente “agile” e garantir mais produtividade para seu marketing: 5 dicas

por Elcio Santos - 21/10/2019

O sucesso de um negócio depende muito, talvez totalmente, da qualidade do seu marketing.

Ferramentas para garantir isso não faltam:

O problema, porém, é que, ao mesmo tempo, há um movimento forte, vindo das bandas dos CFO’s, para que tudo que é necessário seja feito com equipes cada vez mais enxutas, usando orçamentos cada vez mais apertados.

Como resolver essa equação?

Antes de ir em frente, uma dica: não existe problema complicado quando se fala com especialistas.

Converse com um dos nossos.

Uma das saídas dos gênios do marketing foi tomada de empréstimo de uma área que tem desafios semelhantes: a TI.

Surgiu assim o Agile Marketing.

Esse conceito descende diretamente de uma abordagem cada vez mais popular, usada para o desenvolvimento de softwares (e que está bem explicada no Manifesto for Agile Software Development).

A definição técnica é que se trata de uma “estratégia de eficácia organizacional que usa equipes multifuncionais e auto-organizadas, trabalhando em iterações frequentes”.

Traduzindo, pegamos um problema e o dividimos em tarefas menores, realizadas em ciclos.

Ao fim de cada ciclo, uma parte funcional do projeto é entregue.

O objetivo é colocar foco no crescimento, concentrando os esforços da equipe naquilo que agrega valor ao cliente final.

Há alguns princípios por trás do Agile Marketing.

Resumindo-os:

  • indivíduos e interações são mais importantes do que processos e ferramentas;
  • estratégias que funcionam são mais relevantes do que uma extensa documentação;
  • colaborar com o cliente vale mais do que negociar contratos;
  • responder a mudanças é melhor do que seguir um plano.

O tema é decididamente fascinante.

De acordo com o State of Agile Marketing Report da AgileSherpa, cerca de metade das equipes de marketing das empresas buscavam implementar práticas ágeis este ano.

Mas o que isso realmente significa para o marketing?

Agile Marketing

O problema principal é que, fora dizer que é “bom e rápido”, muitos profissionais de marketing não têm uma definição forte do que o marketing ágil significa para suas equipes.

É necessário, acreditam os especialistas, voltar à origem e redescobrir que o Agile nunca foi sobre software, ferramentas e processos.

Trata-se de unir pessoas.

O que nunca é fácil.

Indivíduos em uma organização priorizarão naturalmente o trabalho que podem concluir mais facilmente, dentro do conforto de sua própria equipe ou silo.

Para operar de maneira ágil, os profissionais de marketing precisam desistir da ideia de que entender o cliente é algo que somente o marketing pode realizar.

Na conferência MarTech East, realizada recentemente, Matt LeMay, autor de Agile For Everybody, listou cinco dicas para experimentarmos práticas de Agile Marketing:

1. Experimente reuniões tipo stand-up diárias

São reuniões onde todos literalmente permanecem em pé –  isso ajuda a manter as reuniões curtas e focadas.

2. Converse com outros departamentos

Outros grupos da sua organização são ágeis?

Veja o que está e não está funcionando para suas equipes.

3. Mostre seu trabalho

Explique para outras equipes sobre o que o marketing está fazendo.

Trabalhar de forma multifuncional dará a todos uma ideia melhor de como as outras equipes operam.

4. Não espere até terminar

O desejo natural é esperar até que tudo esteja pronto antes de compartilhá-lo com alguém fora da sua equipe.

Mas descascar as camadas durante o processo ajuda a todos a ver o que faz no trabalho criativo que o marketing está produzindo.

5. Assuma o compromisso de “uma página, uma hora”

Em vez de concluir algo e depois passar horas adicionais criando um PowerPoint ou um email longo para apresentar seu trabalho aos colegas, comprometa-se a passar apenas uma hora (ou a escrever uma página) sobre o material que deve entregar e repassar para a critica dos colegas.

Isso cria um ambiente mais colaborativo, com responsabilidade compartilhada.

Se ficou com alguma dúvida, fica a dica: AlwaysOn descomplica.

Fale com um dos nossos especialistas.

Descomplique já

Converse com um especialista em estratégia de CRM