Experience On / Dados

Dados de carros conectados estão na mira do Senado dos EUA

por Elcio Santos CEO Always ON - 28/12/2023

Dados de carros conectados estão na mira do Senado dos EUA

O senador Ed Markey, Democrata de Massachusetts, está alertando as montadoras para agirem com cautela ao coletar dados de veículos conectados e pararem de vender informações confidenciais.

Além disso,  Markey está questionando as montadoras sobre suas práticas de privacidade e a capacidade dos consumidores de optarem por não participar.

“À medida que os carros se tornam cada vez mais computadores sobre rodas de alta tecnologia, eles produzem grandes quantidades de dados sobre motoristas, passageiros, pedestres e outros motoristas, criando o potencial para graves violações de privacidade”, disse o senador em uma carta enviada a CEOs de 14 montadoras.

“Esses dados podem revelar informações pessoais confidenciais, incluindo histórico de localização e comportamento de direção, e podem ajudar os corretores de dados a desenvolver perfis de dados detalhados sobre os usuários”, continuou, acrescentando a possibilidade de sensores físicos coletarem dados de saúde física ou mental, e que a tecnologia de rastreamento de localização poderia revelar “hobbies, horário de exercícios ou até mesmo orientação sexual e atividade sexual” de alguém. “Essa combinação de fontes de dados cria riscos significativos de privacidade para motoristas, passageiros e o público.”

Além disso, Markey também mencionou a possibilidade de os fabricantes de automóveis usarem dados de carros conectados para publicidade direcionada, “como exibir um anúncio intrusivo no painel de um veículo”.

A carta foi enviada cerca de dois meses depois que a organização sem fins lucrativos Mozilla descreveu os carros como um “pesadelo de privacidade” em uma postagem intitulada “É oficial: carros são a pior categoria de produto que já analisamos em termos de privacidade”.

Para o relatório, os pesquisadores da Mozilla analisaram 25 marcas de automóveis e descobriram que todas coletam mais dados do que o necessário, e 84% disseram que podem compartilhar dados pessoais das pessoas com empresas externas – incluindo “prestadores de serviços e corretores de dados”.

Fonte: MediaPost

https://www.mediapost.com/publications/article/391594/sen-markey-warns-automakers-against-selling-conne.html

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor