Experience On / Mundo dos Dados

Lançamento de Produto: Adidas desenvolve Roadmap para atuar na Web 3.0

por Elcio Santos - 09/01/2023

Nos últimos dois anos, a Adidas estabeleceu uma presença no metaverso colaborando com parceiros e criadores de tecnologia e também lançando seu próprio NFT.

A Adidas começou sua jornada no metaverso em fevereiro de 2021, criando uma força-tarefa.

Elon Musk havia acabado de tuitar que a Tesla aceitaria pagamento por carros em Bitcoin.

Isso aumentou a credibilidade da criptomoeda, bem como a tecnologia blockchain subjacente que governa as transações na web 3.0.

Se mais usuários estivessem coletando e exibindo NFTs baseados em blockchain, então este era um espaço no qual as marcas também deveriam estar envolvidas.

Das 55 pessoas que inicialmente demonstraram interesse em participar da força-tarefa, 22 foram escolhidas e convidadas a apresentar ideias.

A partir dessas ideias, desenvolveu-se uma estratégia de entrada no mercado com os mesmos fundamentos que a Adidas usa em outros lançamentos de produtos.

Dessa forma, com a diferença de ter sido um processo de baixo para cima envolvendo pessoas em todos os níveis da organização.

O segundo passo foi o lançamento de um NFT permitindo que os usuários que o compraram fizessem parte de um clube especial de fãs da Adidas.

A Adidas fez parcerias com um conhecido pioneiro no espaço criptográfico, GMoney, e com um coletivo NFT bem conhecido na comunidade, o Bored Ape Yacht Club.

>>>Saiba mais: Organize as informações de diferentes fontes de dados (inclusive dados desestruturados) da sua empresa, fale com a nossa equipe!

Lançamento de Produto da Adidas e NFT

A Adidas também participou de posicionamentos de marca em quadrinhos baseados em NFT criados pela PUNKS.

Resumindo, construiu-se uma moeda cultural para agir junto a um público cético que exige autenticidade requer um plano de jogo de longo prazo.

Cada passo na jornada aproxima a marca da venda de mercadorias reais, wearables e tokens virtuais por meio de canais web3.

O plano é que a Adidas crie receita secundária em mercadorias, incluindo um NFT com cada item individual vendido.

Quando os pares de tênis Adidas são revendidos, o blockchain da NFT registrará essa transação.

E embutido nesse blockchain haverá um acordo que concede à Adidas uma parte dessas vendas secundárias.

Mas seja mercadoria real ou wearables virtuais para avatares, o objetivo é que os consumidores possam aprofundar sua afinidade com a marca onde quer que estejam.

Fonte: Martech

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor