Experience On / Mundo dos Dados

Web 3.0 para MKT Digital: confira!

por Elcio Santos - 01/11/2022

Pode parecer inacreditável para alguns, mas a internet tem mais de 30 anos.

De certo, a Web 3.o para o MKT digital se tornou fundamental para o lucro das empresas.

Na época, a World Wide Web (www) foi criada em 1989 por Tim Berners-Lee.

Chamada hoje de Web 1.0, essa primeira iteração permitiu que os usuários acessassem sites e lessem ou baixassem informações.

Até hoje, muitas organizações, infelizmente, ainda oferecem apenas conteúdo desse tipo.

No entanto, no início dos anos 2000, houve a primeira grande mudança, com o conteúdo tornando-se mais interativo.

Nessa Web 2.0, os usuários começaram a gerar seu próprio conteúdo, ao invés de, simplesmente consumir as informações à sua frente.

No geral, as plataformas de mídias sociais como Facebook e Instagram estão entre os representantes mais conhecidos da tecnologia Web 2.0.

>>>Gerenciamento dos modelos de relacionamento com o consumidor, a partir da criação de Buyer persona e estabelecimento de métricas, fale com a Always On agora mesmo!

O que é Web 3.0 para o MKT atual?

A Web3 é o estágio mais recente desses desenvolvimentos e ainda está evoluindo.

O que torna a Web3 diferente é que ela aplicaria tecnologias descentralizadas. Alguns serviços podem até ser baseados em tecnologias blockchain.

De acordo com a Investopedia, a Web3 também está focada em tecnologias de aprendizado de máquina e inteligência artificial (IA).

Dito isso, os profissionais de marketing podem usar, a fim de personalizar o conteúdo para os usuários.

Contudo, outra diferença potencial é a propriedade do conteúdo.

As plataformas de mídia social – assim como representações clássicas da tecnologia Web 2.0 – mantêm as informações das pessoas em locais centralizados.

Os serviços baseados em blockchain da Web3 podem se afastar desse alto grau de centralização e em direção a uma propriedade mais dispersa.

Por fim, em nosso próximo post, vamos mostrar algumas mudanças que a Web3 pode promover no marketing.

Fonte: Forbes

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor