Experience On / AI

IA dá o empurrão que faltava para a computação chegar à borda – e facilitar a ciência de dados

por Elcio Santos CEO Always ON - 22/02/2024

IA dá o empurrão que faltava para a computação chegar à borda – e facilitar a ciência de dados

Edge computing, ou computação na borda, é uma solução que facilita o processamento de dados, de modo que aconteça próximo ou no próprio local em que as informações são geradas. O termo “edge” refere-se ao universo de dispositivos conectados pela internet, na borda da rede convencional, indo na contramão da computação em nuvem e abrange  qualquer elemento conectado, passando por drones, carros autônomos e dispositivos de IoT, em geral.

Atualmente, a IA está impulsionando uma enorme demanda por infraestrutura de edge computing à medida que os usuários industriais e comerciais precisam processar mais dados localmente para aproveitar as capacidades da tecnologia.

A mudança ocorre após anos em que grandes empresas de tecnologia têm pressionado as organizações a migrar dados para serviços de computação em nuvem em data centers remotos.

Mas agora tanto os fornecedores de hardware como de software estão concluindo que a edge computing fornece uma ponte entre as redes 5G e os centros de dados na nuvem.

Intel, AWS, Nokia e Ericsson anunciaram colaborações para fornecer serviços de IA de ponta para fábricas, portos e outros hubs de transportes.

O fato é que a edge computing pode permitir um processamento de dados mais rápido para aplicações sensíveis ao tempo e a conformidade com elevados padrões de segurança e privacidade – adequando-a a setores como os cuidados de saúde e as finanças.

“75% da computação de dados está migrando para a borda”, disse Kirk Skaugen, chefe do negócio de infraestrutura da Lenovo. “Estamos trabalhando com uma grande empresa automobilística para se livrar de 250 mil PCs integrados e substituí-los por cerca de 25 mil servidores de ponta.”.

A Lenovo vê um enorme mercado para IA de ponta para apoiar tecnologias de cidades inteligentes – desde visão computacional que responde a incêndios até ajudar pessoas com deficiência visual a navegar pelas ruas.

O mercado global de edge computing já vale mais de US$ 200 bilhões por ano. Mas, para utilizar melhor todos os dados que produzem, as organizações terão de procurar combinações de computação em nuvem, edge computing e redes 5G privadas para garantir que os seus serviços habilitados para IA funcionem perfeitamente.

Fonte: AxiosAI+

https://www.axios.com/newsletters/axios-ai-plus-5c6952cd-9557-4ca8-bda5-4dd5e0ff38f8.html

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor