Experience On / Mundo dos Dados

Estudo: social commerce nos EUA atingirá US$ 107 bi até 2025

por Elcio Santos - 11/04/2023

A velocidade do crescimento diminuiu mas as vendas via social commerce nos EUA continuarão subindo em um ritmo de dois dígitos até 2025, aponta um estudo da consultoria eMarketer. Este ano as vendas pelo canal atingirão mais de US$ 53 bilhões.

Dois fatores estão estimulando esse crescimento: o número de novos compradores via social commerce (impulsionados pelo TikTok) está aumentando e o gasto médio por usuário está aumentando.

Embora a Meta continue na liderança, impulsionado em grande parte pelo Instagram e pelo Facebook Marketplace, o TikTok está se aproximando.

Pois, já superou o Pinterest no número de compradores sociais pela primeira vez este ano.

O TikTok fez vários movimentos para fortalecer seus negócios de social commerce.

Incluindo a expansão de seu recurso TikTok Shop para empresas dos EUA e apresentando planos para construir centros de atendimento de produtos.

A rede também adicionou uma variedade de ferramentas para ajudar os anunciantes a avaliar suas campanhas com mais eficiência.

O estudo também aponta que as gerações mais jovens estão impulsionando a adoção – cerca de metado dos millennials e Geração Z estão fazendo compras via redes sociais.

>>>Saiba mais: Organize as informações de diferentes fontes de dados (inclusive dados desestruturados) da sua empresa, fale com a nossa equipe!

Social Commerce

Quando questionados sobre o que os levou a fazer a compra mais recente nas mídias sociais, 45% dos consumidores da Geração Z disseram ter encontrado produtos de que gostam, destacando o poder da pesquisa.

No entanto, um terço relatou que fez uma compra porque viu um anúncio dela, mostrando que a publicidade continua a ser importante..

Houve também uma mudança dos comportamentos de busca.

No início deste ano, o Google revelou que quase 40% dos jovens americanos (entre 18 e 24 anos) usam o TikTok e o Instagram como seus mecanismos de pesquisa preferidos.

Mas não são apenas os consumidores mais jovens.

YouTube, Facebook, Instagram e TikTok foram todos listados como locais onde os consumidores dos EUA iniciam suas pesquisas ao fazer compras online.

Outra descoberta do estudo…

Embora os consumidores de todas as gerações tenham maior probabilidade de seguir e comprar de marcas e varejistas em vez de influenciadores, o marketing de influência está em ascensão, com o TikTok liderando o ataque.

Esse crescimento está se dando principalmente longe das celebridades.

As marcas estão obtendo mais sucesso com micro influenciadores (5.000 a 20.000 seguidores) e intermediários (20.000 a 100.000 seguidores).

Com isso, eles representarão mais da metade de toda a participação no marketing de influência este ano.

A conclusão do estudo: a adoção do social commercer está aumentando, mas pode não estar em sua forma final ainda.

À medida que os consumidores se sentem mais à vontade para fazer compras nas mídias sociais, as marcas e plataformas precisam descobrir a melhor maneira de capturar essas vendas.

Fonte: eMarketer InsiderIntelligence

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor