Experience On / Mundo dos Dados

Aumento de Vendas Diretas e Queda de Estoque, acesse!

por Elcio Santos - 25/10/2022

Quando você usa a ciência de dados, bons resultados sempre aparecem.

O aumento de vendas diretas aumentam, vejam o exemplo da Nike.

A marca de roupas de ginástica e tênis registrou um aumento de 4% na receita em seu primeiro trimestre fiscal, enquanto as vendas diretas ao consumidor, um foco crescente da empresa, cresceram 8% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em compensação, as suas ações caíram mais de 10% depois que a empresa descreveu problemas com níveis de estoque em excesso e as medidas agressivas que está tomando para reduzi-los.

>>>>Jornada do consumidor? Mapeamento do cliente? Métricas? Fale com a equipe de especialistas da Always On!

Os estoques aumentaram 44% ano a ano como resultado de uma sequência de eventos.

Primeiro, este ano, aumentaram ao mesmo tempo os prazos de entrega e as demandas dos consumidores.

Aí, os varejistas reagiram, solicitando a reposição de estoques mais cedo.

Quando o tempo de envio em trânsito começou a melhorar rapidamente, disse o diretor financeiro da Nike, Matthew Friend, o aumento dos estoques tornou-se inevitável.

Acrescente na receita a ansiedade dos consumidores que enfrentam maior incerteza econômica, e o resultado foi a aceleração da atividade promocional acelerou em todo o mercado, especialmente para marcas de vestuário, afetando a lucratividade.

Daqui para a frente, certamente veremos a Nike dando foco ao DTC e aos dados.

>>>Saiba mais: CRM Economics: Aquisição, Rentabilização e Fidelização de clientes e Business Analytics? Fale com a equipe da Always On!

Fonte: CNBC

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor