Experience On / Mundo dos Dados

Como Marcas Usam o Telegram?

por Elcio Santos - 30/03/2023

Redes sociais privadas sem publicidade, como Discord, Signal e Twitch, podem ser plataformas valiosas para escuta social e "alcance confiável" além dos jardins murados, diz Christopher Penn, cofundador da Trust Insights.

Como as marcas usam o Telegram, Discord e outras redes sociais privadas. Leia para descobrir!

As marcas podem colher recompensas adicionais construindo e nutrindo comunidades enquanto fornecem “muito mais valor do que você recebe”, diz Penn.

Basicamente, é uma estratégia particularmente importante, na medida que, as marcas procuram aumentar o público alcançado, pois eles já estão nessas redes.

Obviamente, o interesse pelas redes cresce, pois elas oferecem privacidade – só os membros de uma comunidade podem visualizar seu conteúdo.

Como marcas usam o Telegram,  afinal?

No geral, o conteúdo é mostrado na ordem em que é postado, o que pode significar muita rolagem – e nenhum algoritmo que dite qual conteúdo é servido aos usuários.

O interesse nas mídias sociais privadas explodiu durante a pandemia e continuou a crescer nos últimos dois anos, de acordo com um novo relatório da Trust Insights.

A Discord é usada por 9,2% dos americanos pelo menos uma vez por semana ou mais, a Signal por 8,2%, a Telegram por 8%, a Slack por 6% e a Twitch por 6%.

A Discord, em particular, está crescendo

O uso móvel da plataforma nos EUA mais que dobrou entre 2020 e 2022, o que a coloca em concorrência com as plataformas de mensagens do Meta Messenger e WhatsApp.

Como não têm anúncios, as marcas precisam encontrar outras formas de usá-las.

Como ferramenta de escuta social, por exemplo.

É necessário saber o que as pessoas estão dizendo sobre a empresa.

E à medida que a mídia social continua a se fragmentar, ficará muito mais difícil para as marcas alcançarem o público em um só lugar.

As mídias sociais privadas garantem “alcance confiável”, disse Penn, o que significa que você sabe que quando uma mensagem é colocada na frente de seu público, eles a verão.

Em relação à estratégia, Penn compartilhou alguns conselhos para as marcas que desejam explorar as mídias sociais privadas.

>>>>Jornada do consumidor? Mapeamento do cliente? Métricas? Fale com a equipe de especialistas da Always On!

Construa sua própria comunidade e alimente-a.

Ao criar um espaço designado para seu público, você pode fazer parte de suas conversas em vez de apenas ouvir.

Entenda que isso não é um esforço de curto prazo. “Será um canal de vendas ruim”, disse Penn, “mas esse não é o objetivo.

Nas mídias sociais privadas, você precisa fornecer muito mais valor do que recebe.”

Resista à tentação de criar seu próprio aplicativo ou plataforma. “Você não quer ser mais uma coisa na lista de tarefas de alguém”, disse Penn.

Construa onde as pessoas estão, para que você esteja integrado em suas vidas.

Fonte: eMarketer/InsiderIntelligence

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor