Experience On / Dados

Para garantir a saúde de sua empresa, tome uma dose de Data Warehouse todo dia

por Elcio Santos - 27/08/2021

A pandemia virou de cabeça para baixo praticamente todos os setores e indústrias. Mas uma dessas indústrias foi afetada de modo particular: empresas de saúde.

No setor de saúde, a capacidade de prever resultados, gerar relatórios de tratamento, e compartilhar dados com seguradoras, laboratórios de pesquisa e outras unidades médicas tornou-se, de fato, uma questão de vida ou morte.

Face a esse diagnóstico, a receita aferida por especialistas envolve por um lado a utilização do que se chama cloud technologies, que revolucionaram o mundo dos negócios, ao permitir que as empresas de forma mais fácil capturem e armazenem dados valiosos sobre seus clientes, seus produtos e seus funcionários.

Por outro lado – e talvez tenha sido o que garantiu a saúde de muitas enquanto outras terminaram na UTI – foi o emprego de um remédio chamado Data Warehouse.

Mas tanto esse diagnóstico quanto o receituário não se restringem ao setor de saúde.

No ambiente de negócios atual, é essencial para uma organização ter relatórios e análises confiáveis de seus dados cada vez maiores.

As empresas, principalmente aquelas que tem como propósito serem customer centric, precisam que seus dados sejam consolidados e integrados para diferentes níveis de agregação, do atendimento ao cliente à integração de parceiros e às decisões de negócios executivas de alto nível.

O que é Data Warehouse

Simplificadamente, Data warehouse é definido como um repositório de dados de uma organização armazenados eletronicamente, extraídos de sistemas operacionais e disponibilizados para consultas ad-hoc e relatórios programados.

Os dados armazenados em um Data Warehouse são diferentes dos dados encontrados no ambiente operacional, pois são organizados de forma que os dados relevantes sejam agrupados para facilitar a geração de relatórios para as operações e análises do dia-a-dia. Isso determina as tendências ao longo do tempo e cria planos com base nessas informações.

Diferenças entre Data Warehouse e Data Base

Muitas vezes as pessoas fazem confusão entre Data Warehouse e Data Base Marketing (o marketing neste caso, é para o uso específico nesta área da empresa), pois ambos compartilham algumas semelhanças.

Mas a principal diferença entre um data warehouse e um Data Base torna-se óbvia quando uma empresa precisa realizar análises em um extenso conjunto de dados, pois uma plataforma de Data Warehouse está equipada para lidar com um grandes volumes de dados, enquanto um Database operacional não.

As plataformas de Data Warehouse, diferentemente dos Databases operacionais, armazenam informações históricas, tornando mais fácil para os líderes de negócios analisarem os dados em um período de tempo específico.

As plataformas de data warehouse também classificam os dados com base em diferentes assuntos, como clientes, produtos ou atividades comerciais.

Qual a importância do uso de Data Warehouses

Data Warehouse ganha cada vez mais importância como ferramenta de inteligência de negócios, para garantir que estão oferecendo excelência na experiência do cliente (customer experience), permitindo às organizações:

Garantir consistência.

Data Warehouses são programados para aplicar um formato uniforme a todos os dados coletados, o que torna mais fácil para os tomadores de decisões corporativas analisarem e compartilharem percepções de dados com seus colegas em todo o mundo.

A padronização de dados de diferentes fontes também reduz o risco de erro na interpretação e melhora a precisão geral.

Tomar melhores decisões de negócios. Líderes de negócios bem-sucedidos desenvolvem estratégias baseadas em dados e raramente tomam decisões sem consultar os fatos.

Essas plataformas melhoram a velocidade e a eficiência do acesso a diferentes conjuntos de dados e tornam mais fácil para os tomadores de decisões corporativas obterem percepções que orientarão as estratégias de negócios e marketing que os diferenciam de seus concorrentes.

Melhorar seus resultados financeiros.

As plataformas de data warehouse permitem que os líderes de negócios acessem rapidamente as atividades históricas de sua organização e avaliem iniciativas que foram bem-sucedidas – ou mal sucedidas – no passado.

Isso permite que os executivos vejam onde podem ajustar sua estratégia para diminuir custos, maximizar a eficiência e aumentar as vendas para melhorar seus resultados financeiros.

Tipos de Data Warehouse

Existem três tipos principais de Data Warehouses.

Cada um tem sua função específica nas operações de gerenciamento de dados.

1 – Enterprise Data Warehouse

Funciona como um banco de dados central ou chave para facilitar a tomada de decisões em toda a empresa.

Os principais benefícios de ter um EDW incluem acesso a informações interorganizacionais, a capacidade de executar consultas complexas e a capacitação de insights avançados e enriquecidos para decisões baseadas em dados e avaliação inicial de riscos.

2 – ODS (Operational Data Store)

No ODS, o Data Warehouse é atualizado em tempo real.

Portanto, é frequentemente usado para atividades rotineiras da empresa, como o armazenamento de registros dos funcionários.

Ele é usado como uma fonte para fornecer dados ao data warehouse empresarial.

3  – Data Mart

É um subconjunto de um Data Warehouse que se destina a dar suporte a um determinado departamento, região ou unidade de negócios.

Considere o seguinte: você tem vários departamentos, incluindo vendas, marketing, desenvolvimento de produtos, etc.

Cada departamento terá um repositório central onde armazena dados.

Este repositório é chamado de data mart.

Os dados do data mart são armazenados no ODS diariamente / semanalmente (ou conforme configurado).

O ODS atua como uma área de teste para integração de dados.

Em seguida, ele envia os dados para o EDW, onde são armazenados e usados para fins de BI.

Em todos os níveis, a governança dos dados bem como sua qualidade (data quality) é fundamental.

Quais os benefícios de um Data Warehouse?

O uso de plataforma de Data Warehouse oferece vários benefícios aos usuários finais, incluindo:

  • Acesso aprimorado do usuário final a uma ampla variedade de dados corporativos
  • Maior consistência de dados
  • Documentação adicional dos dados
  • Custos de computação potencialmente mais baixos e maior produtividade
  • Espaço apropriado para combinar dados relacionados de fontes separadas até mesmo com a utilização de inteligência artificial
  • Infraestrutura de computação que pode suportar mudanças em sistemas de computador e estruturas de negócios
  • Capacitação dos usuários finais a realizar consultas ad-hoc ou relatórios sem afetar o desempenho dos sistemas operacionais

Principais características de uma plataforma de Data Warehouse

Orientado por assunto

Um Data Warehouse fornece informações voltadas para um assunto específico, em vez das operações em andamento de toda a organização.

Exemplos de assuntos incluem informações sobre produtos, dados de vendas, detalhes de clientes e fornecedores, etc.

Integrado

Um Data Warehouse é desenvolvido combinando dados de várias fontes heterogêneas, como arquivos simples e bancos de dados relacionais, o que consequentemente melhora a análise de dados.

Variável no tempo

Os dados em um Data Warehouse fornecem informações de um determinado ponto histórico no tempo, portanto, as informações em um data warehouse são categorizadas em um determinado período de tempo.

Não volátil

Isso refere-se aos dados anteriores que não são omitidos quando dados mais novos são adicionados a eles.

Um Data Warehouse é separado de um banco de dados operacional, o que significa que quaisquer alterações regulares no banco de dados operacional não realizam alterações no Data Warehouse.

Exemplos de Data Warehouse

O armazenamento de dados se tornou uma parte vital do desempenho da inteligência de negócios, usando data analytics em vários setores.

Seguem alguns.

Investimentos e seguros

No setor de investimentos e seguros, um Data Warehouse é usado principalmente para analisar as tendências do cliente e do mercado e outros padrões de dados.

Forex e mercados de ações são dois subsetores principais onde Data Warehouses desempenham um papel crucial porque uma diferença de um único ponto pode levar a perdas massivas em toda a linha, logo a mineração precisa de dados (data mining) é fundamental.

Nesses setores, geralmente são compartilhados e se concentram no streaming de dados em tempo real.

Redes de varejo

No setor de varejo, os armazéns de dados são usados principalmente para distribuição e marketing para permitir o rastreamento de itens, exame de políticas de preços, acompanhamento de ofertas promocionais e análise de tendências de compra do cliente.

As cadeias de varejo geralmente incorporam um sistema de Data Warehouse empresarial para as necessidades de business intelligence e previsão.

Saúde

No setor de saúde, como falamos no início deste artigo, um Data Warehouse é usado para prever resultados, gerar relatórios de tratamento, e compartilhar dados com seguradoras, laboratórios de pesquisa e outras unidades médicas.

Os data warehouses corporativos são a espinha dorsal dos sistemas de saúde porque as informações de tratamento mais recentes e atualizadas são cruciais para salvar vidas.

Data Warehouse descomplicado

A metodologia da Always On – 1-2-3: dados, consumidores, insights – é voltado a descomplicar as soluções de Data Science para as necessidades dos seus clientes, principalmente voltados para aperfeiçoar a Experiência do Cliente.

Isso inclui planejar, desenvolver, implementar e facilitar o uso de plataformas de Data Warehouse.

Quer saber mais? Envie email para [email protected] e vamos marcar uma conversa.

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor