Experience On / Mundo dos Dados

Netflix com Anúncios?

por Elcio Santos - 30/03/2023

O plano foi lançado há 2 semanas, mas sua receita deve ultrapassar US$ 1 bi em 2024 apenas nos EUA

Apesar do plano de assinatura Basic With Ads ter sido lançado há apenas duas semanas, os analistas preveem receitas com anúncios da Netflix nos EUA a US$ 830 milhões em 2024.

É uma aceleração impressionante nas receitas publicitárias, mas coloca a empresa atrás de alguns rivais de streaming.

No entanto, a Disney, deve lançar sua camada suportada por anúncios em 8 de dezembro, terá receitas um pouco mais altas nos EUA no próximo ano, cerca de US$ 1,02 bilhão.

>>>Saiba mais: Organize as informações de diferentes fontes de dados (inclusive dados desestruturados) da sua empresa, fale com a nossa equipe!

A explicação da Netflix

A Walt Disney Co. já tinha uma infraestrutura de anúncios por meio do Hulu e da ESPN+, enquanto a Netflix teve que construir a sua do zero.

O Hulu verá US$ 4,25 bilhões em receitas publicitárias nos EUA em 2023.

O que comprova mais uma evidência da oportunidade de receita publicitária para a Netflix se a empresa puder capitalizar isso.

Basicamente, o problema principal é que a plataforma precisa garantir receitas de publicidade sem prejudicar muito suas receitas de assinatura.

A penetração da Netflix, que atingirá 50,7% da população dos EUA em 2023, é muito superior aos 38,5% do Hulu.

Isso não significa necessariamente mais dólares em anúncios, já que quase todos os assinantes da Netflix atualmente não estão vendo anúncios.

De qualquer forma, as perspectivas são boas: quase metade dos usuários frequentes da Netflix está interessada em um nível suportado por anúncios, de acordo com uma pesquisa da May Morning Consult.

A Netflix criou uma infraestrutura para capitalizar os espectadores interessados.

Antes do lançamento, fez parceria com DoubleVerify, Integral Ad Science e Microsoft para aumentar sua capacidade de medição de dados e serviço de anúncios.

Além de classificações de anúncios digitais da Nielsen estarão disponíveis para os anunciantes da plátano próximo ano

Fonte: eMarketing/InsiderIntelligence

Descomplique já

Fale com um dos nossos especialistas em Estratégia do Consumidor